AS ESPÉCIES AUTÓCTONES

O nosso legado do passado

O Montado do Freixo do Meio é um sistema vivo, muito rico e complexo, formado por relações entre seres dos cinco reinos.

Vaca Barrosã
Vaca Barrosã
Vaca Barrosã
Vaca Barrosã
Burro Bagueiro
Burro Bagueiro
Burro Bagueiro
Cavalos Sorraia
Cavalos Sorraia
Cavalos Sorraia
Galinha Preta
Pintos de Galinha Preta
Ovelha Merino
Ovelha Merino
Ovelha Merino
Porco Preto
Porco Preto
Anterior
Next

Os animais domésticos com quem cooperamos no Montado do Freixo do Meio são elementos essenciais, não apenas na garantia do funcionamento do sistema natural, como na sua regeneração. A prática do maneio holístico atraiu a atenção do seu criador Allan Sayvori que nos visitou em 2019.  

Tratam-se por isso, das raças domésticas mais expressivas e ancestrais da Península Ibérica, ou seja, mais próximas do ancestral selvagem que lhes deu origem, pelo que mantém em grande medida a capacidade de desempenharem funções vitais no ecossistema. 

Efetuamos em paralelo um trabalho ativo de conservação genética gerindo os efetivos com esse propósito e colaborando com os livros genealógicos oficiais das respetivas raças, bem como contribuímos para a preservação do património cultural gastronómico coletivo. 

Os cavalos Sorraia, em permanência, formam uma eguada de 8 seres únicos. As vacas barrosãs, uma manada com 100 indivíduos. Os burros bagueiros, uma família com 12 membros. Os porcos alentejanos, uma vara permanente com 300 aliados. As ovelhas merino preto, um rebanho com 200 recicladores. E as galinhas pretas lusitanas, um bando de 50 reguladores. 

PARTILHE
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn