A Cooperativa de Usuários
do Freixo do Meio

Uma vocação integral: Alimento, Paisagem e Conhecimento.

A cooperativa, que agora estrutura o trabalho de economia social desenvolvido na Herdade do Freixo do Meio há várias gerações, pretende essencialmente integrar e regular os diferentes usos deste Bem-comum. O objetivo principal é de gerir coletivamente o Montado do Freixo do Meio, por forma a compatibilizar a melhoria permanente da relação com os recursos e a obtenção da abundância de bens e de serviços.

Para tal, a Cooperativa de Usuários do Freixo do Meio, CRL adotou uma vocação integral embora se foque inicialmente no alimento. Cremos que a abordagem horizontal das cooperativas clássicas limita a verdadeira interiorização do Comum, pelo que integramos verticalmente os diferentes setores envolvidos tanto na cadeia alimentar como nas outras áreas comuns que trabalhamos como a formação e a visitação agroecológica. A Cooperativa de Usuários do Freixo do Meio, CRL é uma cooperativa multissetorial com o setor do Consumo como principal, e como secundários, o dos colaboradores e de outros interessados como os proprietários, agricultores, vizinhos, etc.

A nossa instituição é reconhecida no âmbito da Lei Portuguesa de Economia Social adotando os princípios e as práticas da Economia Solidaria, pelo que os resultados obtidos se destinam apenas a um de três fins: partilha pelos cooperantes, investimento na cooperativa ou donativos a instituições sem fins lucrativos.

A Cooperativa de Usuários do Freixo do Meio, CRL, iniciou a atividade a 1 de Janeiro de 2018 com o Capital Social de 5.000€ (cinco mil euros). No primeiro ano após a admissão, cada cooperador subscreve, pelo menos, 4 títulos de capital (25€) por cada secção em que se inscreva, correspondentes ao montante agregado de 100€ (cem euros).

 
 
Agostinho da Silva

Agostinho da Silva

Filósofo, poeta, ensaísta, professor, filólogo, pedagogo e tradutor português
1906 — 1994

Apesar de todas as dificuldades, apesar de todos os obstáculos que um sistema económico, que de resto não poderia ter sido outro, lhes levantou, os homens mostraram sempre o seu desejo de cooperação, o gosto da vida em comum em que possam auxiliar-se, puseram sempre como ideal um estado de sociedade, uma organização em que não teriam de separar o seu interesse individual do interesse da comunidade, em que os dois aspetos da sua vida na terra formassem um todo e lhes dessem a harmonia, a paz, a tranquilidade interior que os homens buscam acima de tudo.

 

«As Cooperativas, Iniciação», 1942

As três áreas de atuação

Partilha do Alimento - Freixo do Meio
Partilha do Alimento

Gestão da relação da comunidade com o ecossistema através da partilha do alimento. Programa CSA Partilhar as Colheitas, Cantina Cabana dos Bois, Parceiros e Lojas do Freixo, de Lisboa e on-line.

Partilha da Paisagem - Freixo do Meio
Partilha da Paisagem

Gestão da relação da comunidade com o ecossistema através da partilha da paisagem. Visitação da Área Protegida Montado do Freixo do Meio e do Centro de Interpretação.

Partilha do Conhecimento - Freixo do Meio
Partilha do Conhecimento

Gestão da relação da comunidade com o ecossistema através da partilha do conhecimento. Formação Agroecológica, Escola de Ofícios, Estágios em contexto de trabalho e voluntariado.

Preservamos alimentos, saberes e tradições únicas, que resgatamos à história do Montado: carnes de Barrosão, porco preto, Merino preto, galo lusitano, peru preto, caça, enchidos tradicionais alentejanos, charcutaria austríaca, pão artesanal, alimentos de bolota, variedades regionais de hortícolas e leguminosas, azeite de galega, vinho e sumos naturais, ovos da agrofloresta, alimentos vegetarianos e vegan, vegetais e fungos selvagens e mel.
 
O que nos move hoje e amanhã

Missão da Cooperativa de Usuários do Freixo do Meio

O que nos move hoje e amanhã

O que nos move hoje e amanhã

Inspirada na essência do Montado, a Cooperativa de Usuários do Freixo do Meio é um espaço de cooperação, de inclusão, de desenvolvimento pessoal, de trabalho e de construção de comunidade. Procura a concretização de uma comunidade que integre harmoniosamente o ecossistema a que pertence, que seja autónoma, resiliente, pacifica e ecuménica, num assumido alinhamento com a visão do Quinto Império de Agostinho da Silva.

A sua missão assenta na exigência, na transparência, na participação sociocrática, no conhecimento e na inovação, enriquecida pelas visões da ciência, da agroecologia, da permacultura e da soberania alimentar.

Um olhar geral

Uma comunidade que integre harmoniosamente o ecossistema a que pertence

Quem pode ser
cooperante

Os princípios que regem a cooperativa

Âmbito de atuação da cooperativa

Atividades complementares

As pessoas

Uma comunidade aberta ao mundo, dedicada a servir, cooperar e esperançosa num futuro melhor

Alfredo Cunhal Sendim

Alfredo Cunhal Sendim

Agricultor, Proprietário e Presidente da direção

Joaquim Caixeiro

Joaquim Caixeiro

Coordenador Carne e Salsicharia, Diretor

Susana Teles

Susana Teles

Coordenadora da Partilha do Alimento, Contabilidade e Administração, Conselho Fiscal

Bernardo Sá Nogueira

Bernardo Sá Nogueira

Coordenador Agrofloresta, Partilha do Conhecimento, Diretor

Ricardo Silva

Ricardo Silva

Biólogo, Coordenador Área Protegida do Montado do Freixo do Meio

Patricia Silva

Patricia Silva

Coordenadora transformação alimentar

Maria Abel

Maria Abel

Coordenadora da loja Freixo do Meio

João Semedo

João Semedo

Coordenador Distribuição Alimentar

Sem foto

Helena Ferrão

Gestão de qualidade Alimentar, Contabilidade

Sem foto

Isabel Oliveira

Coordenadora Loja Lisboa

Sem foto

Jorge Pax

Comunicação, eventos, manutenção técnica

Fátima Cruz

Fátima Cruz

Cozinha

Edite Ferreira

Edite Ferreira

Coordenadora Área Vegetais e Bolota

Manuela Silva

Manuela Silva

Transformação de Vegetais e Bolota

Ofélia Neto

Ofélia Neto

Transformação de Vegetais e Bolota

Sem foto

Ana Carriço

Transformação de Vegetais e Bolota

Paula Moreira

Paula Moreira

Transformação de Carne e Salsicharia

Luísa Sardinha

Luísa Sardinha

Transformação de Carne e Salsicharia

Sem foto

Alexandra Santos

Transformação de Carne e Salsicharia

Maria Pereira Silva

Maria Pereira da Silva

Coordenadora Animais domésticos

Alexandre

Alexandre Balancho

Animais domésticos

Sem foto

Sergio Nunes

Animais domésticos

Afonso Cunha

Afonso Cunha

Coordenador Horta

Maria Júlia Balancho

Maria Júlia Balancho

Horta

Sem foto

Maria Mercedes

Horta

Manuel Samarrinha

Manuel Samarrinha

Manutenção mecânica

Sem foto

Ana Vasconcelos

Área Protegida do Montado do Freixo do Meio

Sem foto

Margarida Abreu

Partilha da Paisagem

Paulo Magalhães

Paulo Magalhães

Presidente da Assembleia Geral

Laurinda Sardinha

Laurinda Bengalinha

Padaria e Lavandaria

Sem foto

Grace Bineh

Padaria e Lavandaria

Joaquim Balancho

Joaquim Balancho

Tratores

Os Princípios da Cooperativa

Os princípios fundamentais cuja concretização se procura dia a dia na Herdade do Freixo do Meio

PARTILHE
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn